Dia Mundial do Dador de Sangue

alt

O Dia Mundial do Dador de Sangue é celebrado anualmente no dia 14 de junho. 

A celebração do Dia Mundial do Dador tem como objetivo aumentar a consciência da necessidade de componentes sanguíneos seguros e agradecer a todos os dadores as suas dádivas voluntárias e benévolas, assim como reconhecer a sua importância e o seu contributo em salvar vidas e em melhorar a saúde e qualidade de vida de muitos doentes.

O Dia celebra-se em 2016 com o tema "O sangue é o nosso elo comum" e com o lema "Dê sangue, partilhe vida".

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 92 milhões de pessoas dão sangue anualmente, sendo que 45% destes dadores têm menos de 25 anos e 40% são mulheres. A OMS quer expandir este universo de dadores, encorajando outras pessoas a tornarem-se dadores de sangue. A organização pretende que em 2020 as dádivas de sangue em todos os países sejam completamente benévolas e não remuneradas.

Quem pode ser dador de sangue?

Pode proceder à doação de sangue se:

  • tiver entre 18 e 65 anos de idade
  • pesar mais de 50 quilos
  • gozar de boa saúde e tenha hábitos de vida saudáveis

Onde dar sangue?

Pode dar sangue nos:

  • centros regionais de sangue do Instituto Português do Sangue em Lisboa, Porto e Coimbra;
  • locais onde se realizam colheita de sangue móveis, no seu local de trabalho, centro comercial ou na sua área de residência;
  • serviços de imunohemoterapia hospitalares.

O que fazer e o que não fazer depois de doar sangue?

  • Deve-se beber líquidos em abundância.
  • Não se pode conduzir por 30 minutos.
  • Não se pode fumar por duas horas.
  • Não se pode beber álcool por 12 horas.

 

"Doar sangue é uma prenda que salva vidas".